quarta-feira, 29 de maio de 2013

Santa Sé e Israel próximos de assinar acordo sobre Lugares Santos

Após 20 anos de negociações, Santa Sé e Israel estão próximos de assinar um acordo sobre o regime fiscal das propriedades da Igreja e sobre a administração de alguns lugares santos. Segundo fontes israelenses, faltam definir questões relativas a duas propriedades em Cesaréia e Jerusalém e um terreno no Cenáculo, no Monte Sião, que voltará a ser um local de culto católico.

As conversações realizam-se desde o Acordo de 1993 que estabeleceu relações diplomáticas entre o Vaticano e Israel. A maior parte das questões diz respeito ao status jurídico e fiscal dos bens da Igreja Católica na Terra Santa. De 3 a 5 de junho próximo, as delegações dos dois Estados deverão reunir-se no Vaticano, tendo a frente o Monsenhor Antoine Camilleri e Zeev Elkin.

Para resolver a questão estritamente fiscal, ficou estabelecido um duplo regime. Os locais dedicados exclusivamente ao culto, como igrejas e cemitérios, terão isenção fiscal total. Já para propriedades eclesiásticas, em cujo interior são desenvolvidas atividades como restaurantes e albergues, haverá uma taxação.

O Cenáculo voltará a ser administrado pelos franciscanos, não obstante permaneça como propriedade do Estado de Israel, conforme estabelecido pelo ‘Protocol Activity’. Falta definir um aspecto relativo à permuta de um terreno a ser transformado em estacionamento pelos franciscanos.

Em relação à Cesaréia, o governo israelense concordou em destinar uma área para que os peregrinos possam ser acolhidos e rezar.
A construção de uma igreja que remonta à época dos primeiros cristãos e de outra no tempo dos Cruzados foi motivada pela certeza de ser um lugar paulino. O que restava destas construções foi demolido em 1948 com a criação do Estado de Israel. (JE)



Texto proveniente da página http://pt.radiovaticana.va/news/2013/05/29/santa_s%C3%A9_e_israel_pr%C3%B3ximos_de_assinar_acordo_sobre_lugares_santos/bra-696626
do site da Rádio Vaticano 

Papa adverte para a tentação do triunfalismo na Igreja

Como todas as manhãs, o Papa celebrou a Missa na capela da sua residência, na Casa Santa Marta.

Em sua homilia, o Pontífice se inspirou no Evangelho do dia para alertar para a tentação do triunfalismo dentro da Igreja, a partir da narração de Jesus, que anuncia aos discípulos sua paixão, morte e ressurreição a caminho de Jerusalém.

Os discípulos tinham em mente outros projetos, e pensam em parar na metade do caminho; discutiam entre si sobre como salvar às pressas a Igreja. Esta é a tentação do triunfalismo prescindindo da Cruz, um triunfo mundano, advertiu Francisco:

“O triunfalismo paralisa a Igreja, assim como o triunfalismo nos cristãos os paralisa. É uma Igreja triunfalista, é uma Igreja que fica na metade do caminho, uma Igreja que é feliz assim, bem arrumada – bem arrumada! – com todos os escritórios, tudo em ordem, tudo bonito, eh? Eficiente. Mas uma Igreja que renega os mártires, porque não sabe que os mártires são necessários à Igreja para o caminho da Cruz. Uma Igreja que pensa somente nos triunfos, nos sucessos, que não conhece esta regra de Jesus: a regra do triunfo por meio da falência, da falência humana, da falência da Cruz. E esta é uma tentação que todos nós temos.”

O Papa então concluiu: “Peçamos ao Senhor a graça de não ser uma Igreja que fica na metade do caminho, uma Igreja triunfalista, dos grandes sucessos, mas de ser uma Igreja humilde que caminha com decisão, como Jesus. Avante, avante, avante. Coração aberto à vontade do Pai, como Jesus. Peçamos esta graça”.

(BF)


Texto proveniente da página http://pt.radiovaticana.va/news/2013/05/29/papa_adverte_para_a_tenta%C3%A7%C3%A3o_do_triunfalismo_na_igreja/bra-696454
do site da Rádio Vaticano 

sábado, 25 de maio de 2013

Dom Orani: JMJ na reta final

Rio de Janeiro (RV) – RealAudioMP3 Estamos na reta final nos preparativos da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro; faltando menos de dois meses a expectativa é grande para receber os peregrinos de todas as partes do Brasil e do mundo. Entre os dias 23 e 28 de julho, a estimativa é reunir mais de dois milhões de jovens peregrinos. 

O Bispo auxiliar de Campo Grande (MS) e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, Dom Eduardo Pinheiro, ressaltou o grande diferencial da JMJ na vida do jovem participante. “A peregrinação dos ícones da JMJ, que percorrem todo o Brasil, é um momento muito importante e particular de reunir os jovens nas dioceses”, afirmou Dom Eduardo. 

Sobre o atual momento vivido no Comitê Organizador Local, COL, da Jornada no Rio de Janeiro, nós conversamos com Dom Orani João Tempesta, Arcebispo do Rio, que foi recebido ontem, no Vaticano pelo Papa Francisco. (SP)



Texto proveniente da página http://pt.radiovaticana.va/news/2013/05/24/dom_orani:_jmj_na_reta_final/bra-695310
do site da Rádio Vaticano 

Papa pede mais compreensão e bondade com migrantes e refugiados

 “O tráfico de pessoas é uma atividade iignóbil, uma vergonha para as nossas sociedades que se dizem civilizadas! Aproveitadores e clientes deveriam fazer um sério exame de consciência consigo mesmo e diante de Deus!”. Com estas palavras, o Papa abriu seu discurso na manhã desta sexta-feira, 24, aos participantes da Plenária do Pontifício Conselho para a Pastoral dos Migrantes e Itinerantes.

O grupo de membros, consultores e oficiais deste organismo se reuniu durante a semana no Vaticano para debater o tema “A solicitude pastoral da Igreja no contexto das migrações forçadas”, que coincide com o documento “Acolher Cristo nos refugiados e nas pessoas deslocadas à força”, publicado pelo dicastério.

Francisco se parabenizou pelo esforço deste Conselho em servir, com programas de proteção, milhões de homens e mulheres que têm sua dignidade humana e direitos fundamentais pisoteados cotidianamente.

Somos uma só família humana que, na multiplicidade de suas diferenças, caminha rumo à unidade valorizando a solidariedade e o diálogo entre os povos. A compaixão – ‘sofrer com’ – se expressa, sobretudo, no esforço em conhecer as razões que obrigam a deixar forçadamente um país, e em dar voz aos que não podem fazer ouvir seu grito de dor e de opressão

O Pontífice recordou que a violência, os abusos, a divisão das famílias, os traumas, a fuga de casa e a incerteza do futuro nos campos de refugiados são elementos que desumanizam e deveriam incentivar os cristãos, e toda a comunidade, a realizar ações concretas. No entanto, Francisco quis passar uma mensagem de otimismo, convidando todos a colher nos olhos e corações dos refugiados e deslocados a luz da esperança:

Esperança que se expressa nas expectativas pelo futuro, no desejo de fazer amizades, de participar da sociedade que os acolhe, de aprender a língua, de ter acesso a um trabalho e de dar a chance de estudar aos menores. Admiro a coragem de quem espera gradualmente recomeçar uma vida normal, à espera que satisfações e amor voltem a alegrar sua existência. Todos nós podemos, e devemos, nutrir esta esperança!”.

Estas pessoas, segundo Francisco, precisam de ajudas urgentes, mas principalmente da nossa compreensão e bondade. E como Igreja, ao curar as feridas dos refugiados, deslocados e vítimas do tráfico, colocamos na prática o mandamento da caridade que Jesus nos deixou quando se identificou com o estrangeiro e com todas as vítimas de violências e exploração. O Papa aconselhou a lermos melhor o capítulo 25 do Evangelho segundo Mateus, quando se fala do juízo final.

Concluindo, ele pediu aos pastores e à comunidade cristã que dediquem atenção especial ao caminho de fé dos cristãos refugiados e erradicados de suas realidades, e também dos migrantes.

Eles requerem uma atenção pastoral especial, que respeite suas tradições e os acompanhe numa harmônica integração nas novas realidades eclesiais em que se encontram. Que nossas comunidades cristãs sejam realmente lugares de acolhimento, de escuta e de comunhão!”.

Invocando a materna proteção de Maria Santíssima para que ilumine a reflexão e a ação de todos, o Papa concedeu ao grupo a sua benção.

Dom Alessandro Ruffinoni, bispo de Caxias do Sul (RS), participou da Assembleia Geral do Pontifício Conselho, como membro do organismo. Em entrevista à RV, ele citou a Campanha da Fraternidade de 2014, que vai tratar do problema do tráfico de pessoas no Brasil. Ouça, clicando acima.
(CM)




Texto proveniente da página http://pt.radiovaticana.va/news/2013/05/24/papa_pede_mais_compreens%C3%A3o_e_bondade_com_migrantes_e_refugiados/bra-695073
do site da Rádio Vaticano 

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Cariocas podem ganhar feriadão de 4 dias e meio durante visita do papa


Com um público estimado em 1,5 milhão de pessoas, a prefeitura do Rio de Janeiro se diz atenta à "imprevisibilidade" da Jornada Mundial da Juventude, o primeiro grande evento da Igreja Católica sob o comando do papa Francisco - que parece disposto a quebrar o protocolo e fazer alterações de última hora na própria agenda, divulgada na semana passada. Para minimizar o impacto do megaevento - que, segundo estimativas da prefeitura, concentrará um público semelhante a três Réveillons em Copacabana - na rotina da cidade entre 23 e 28 de julho, os cariocas ganharão ao menos dois dias de feriado em pleno inverno, com a possibilidade de que a folga se estenda até a manhã do dia 29.

O decreto dos feriados depende de aprovação da Câmara Municipal, mas a prefeitura já dá como certa a 
folga nos dias 25 e 26 de julho, quinta e sexta-feira. Em entrevista ao Terra, o presidente da Rio eventos - empresa municipal criada para coordenar os grandes eventos que acontecem na capital fluminense até o próximo ano -, Leonardo Maciel afirmou que a prefeitura ainda estuda a possibilidade de ampliar o decreto até a manhã de segunda-feira, para facilitar a saída dos peregrinos que participarão dos eventos.


fonte: jornal do Brasil

Jovens da Terra Santa preparam-se para as JMJ no Rio de Janeiro


Cerca de 115 jovens da Terra Santa se preparam para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Rio de Janeiro, de 23 à 28 de julho, acompnahadas por dom Shomali, bispo auxiliar na Palestina, e pelo capelão geral da Juventude Católica Estudante (JEC) na região, padre Aziz Halaweh.

Dentre os jovens que participarão da JMJ Rio 2013 estarão cristãos oriundos de Israel, Belém e de Ramala que chegam para uma semana em retiro espiritual e programação cultura, antes do encontro com o Santo Padre. A arquidiocese de Niterói (RJ) acolherá os jovens oriundos da Terra Santa.

É prevista também uma visita pelos responsáveis do grupo na Comunidade Canção Nova com o objetivo de estreitar laços e compartilhar conhecimentos em favor do lançamento da Rádio Cristã de Taybeh na Terra Santa.

Em Ramala acontece até julho três encontros presenciais em preparação a JMJ. Os inscritos serão instruídos e capacitados para a participação do evento que marca a primeira viagem apostolica do Papa Francisco ao exterior.
 

Foto: Patriacardo Latino de Jerusalém

Da redação do Portal Ecclesia.

Vaticano decide por exílio de cardeal acusado de "atitudes impróprias"


A nota da Sala de Imprensa do Vaticano apresentada nesta quarta-feira, 15, pelo Porta Voz da Santa Sé, padre Frederico Lombardi, apresenta a decisão do Papa Francisco e da Cúria Romana a respeito do cardeal Keith Patrick O´Brien, arcebispo escocês acusado de abuso sexual.

De acordo com o comunicado, "pelas mesmas razões que decidiu não participar do último Conclave" , o cardeal O´Brien, "de acordo com o Santo Padre, deixará a Escócia dentro de poucos dias". Segundo a justificativa apresentada o arcebispo emérito de St. Andrews e Edinburgh, passará "alguns meses de renovação espiritual, oração e penitência", em local não informado e que "qualquer decisão relativa ao destino futuro do cardeal se concordará com a Santa Sé."

Como a situação da renúncia do cardeal O´Brien ocorreu durante o pontificado deBento XVI, padre Lombardi alegou que o Papa emérito fora "oportunamente informado" da situação. Na ocasião, O'Brien foi acusado de abuso sexual por parte de três sacerdotes de sua diocese, 30 anos antes.

As acusações das "atitudes impróprias", como afirmou o próprio O'Brien, foram apresentadas pelo Núncio Apostólico da Santa Sé na Grã-Bretanha, dom Antonio Mennini, no início de fevereiro, provocando a renúncia do cardeal escocês.

Da redação do Portal Ecclesia.

Audiência: Invocar o Espírito Santo, para que nos guie rumo à Verdade

Cidade do Vaticano (RV) – A Praça S. Pedro ficou lotada na manhã desta quarta-feira para a Audiência Geral com o Papa Francisco.

Depois de saudar a multidão através do papamóvel, recebendo e retribuindo o afeto dos fiéis, o Pontífice dedicou sua catequese sobre a ação que o Espírito Santo realiza ao guiar a Igreja e cada um de nós rumo à Verdade.

Para o Papa, vivemos numa época em que há muito ceticismo em relação à verdade, citando as inúmeras vezes em que Bento XVI falou do relativismo, ou seja, da tendência de considerar que não existe nada de definitivo. Então vem a pergunta: existe realmente “a” verdade? Que é “a” verdade? Podemos conhecê-la e encontrá-la? 

A resposta é Jesus: a Verdade que, na plenitude dos tempos, “se fez carne”, e veio habitar no meio de nós para que a conhecêssemos. A verdade não è uma posse, è o encontro com uma Pessoa. Esta certeza, porém, nos leva a outra pergunta: mas que nos faz reconhecer que Jesus é “a” Palavra de verdade, o Filho unigênito de Deus Pai? É justamente o Espírito Santo, o dom de Cristo Ressuscitado, que nos faz reconhecer a Verdade. Jesus o define o “Paraclito”, isto é, “aquele que nos vem ao encontro, que está ao nosso lado para nos amparar neste caminho de conhecimento.

A ação do Espírito Santo na nossa vida é nos recordar e imprimir nos nossos corações de fiéis as palavras que disse Jesus, para que se tornem em nós princípio de avaliação nas escolhas e de guia nas ações cotidianas. É do íntimo de nós mesmos que nasce mas nossas ações: é o coração que deve se converter a Deus, e o Espírito Santo o transforma se nos abrirmos a Ele. 
Através do Espírito Santo, o Pai e o Filho habitam em nós: nós vivemos em Deus e de Deus. E Francisco questionou mais uma vez: mas a nossa vida é permeada por Deus? Quantas coisas coloco antes Dele?

“Queridos irmãos e irmãs, neste Ano da Fé, somos convidados, seguindo o exemplo de docilidade de Nossa Senhora, a nos deixar inundar pela luz do Espírito Santo, predispondo-nos à Sua ação, buscando conhecer mais a Cristo e as verdades da fé: meditando a Sagrada Escritura, estudando o Catecismo e aproximando-se com mais frequência dos sacramentos. Mas ao mesmo tempo, devemos questionar quais passos estamos fazendo para que a fé oriente toda a nossa existência. Não se é cristão em alguns momentos ou em algumas circunstância. Somos cristãos a todo momento! Invoquemos com mais frequência o Espírito Santo, para que nos guie no caminho dos discípulos de Cristo.”

Francisco perguntou à multidão: "Quem de vocês reza diariamente para o Espírito Santo? Acho que são poucos, poucos. Mas temos que fazê-lo, para que nos abra o coração para Jesus".

No final da catequese em italiano, o Papa saudou os diversos grupos presentes na Praça e concedeu sua bênção. Francisco anunciou que visitará, em setembro, o Santuário de Nossa Senhora da Candelária (Bonaria) em Cagliari, na ilha da Sardenha, que inspirou o nome de sua cidade natal, Buenos Aires.


Texto proveniente da página http://pt.radiovaticana.va/news/2013/05/15/audi%C3%AAncia:_invocar_o_esp%C3%ADrito_santo,_para_que_nos_guie_rumo_%C3%A0_verdade/bra-692212
do site da Rádio Vaticano 

Consep escolhe hino e cartaz da CF 2014

  
O Conselho Episcopal Pastoral (Consep) reunido na sede da CNBB, em Brasília, escolheu o hino e o cartaz oficial da Campanha da Fraternidade (CF) de 2014 que trata do Tráfico Humano.

Um processo longo com participação ampla das comunidades de todo o Brasil resultou na seleção de 10 cartazes e algumas propostas de hinos para a Campanha da Fraternidade (CF) de 2014.

Tomaram a palavra e fizeram considerações sobre os hinos na primeira sessão de trabalho: Dom Pedro Brito, Arcebispo de Palmas (TO), Dom Joaquim Mol, Bispo auxiliar de Belo Horizonte (MG), Dom Armando Bucciol, Bispo de Livramento de Nossa Senhora (BA), Dom Sergio Braschi, Bispo de Ponta Grossa (PR), Dom Leonardo Steiner, Bispo auxiliar de Brasília (DF), além dos assessores da Comissão de Liturgia, Frei Faustino Paludo e Pe. Carlos Sala. No final, os bispos, por meio de votação, escolheram o hino da Campanha da Fraternidade de 2014.

No debate sobre os cartazes, Pe. Luiz Carlos, secretário executivo da CF, explicou que desta vez, inicialmente, a coordenação dos trabalhos selecionou um número menor de propostas. 

Os bispos tiveram tempo para apreciar cada um desses cartazes e, em seguida, fizeram intervenções: Dom Joaquim Mol, Dom Francisco Biasin, Bispo de Barra do Piraí-Volta Redonda (RJ), Dom Eduardo Pinheiro, Bispo auxiliar de Campo Grande (MS), Dom José Belisário, Arcebispo de São Luis (MA), Dom Pedro Brito, Dom Sergio da Rocha, Arcebispo de Brasília (DF), Dom Armando Bucciol, Dom Sergio Braschi. Os assessores: Irmã Maria Eugenia, da Comissão para Educação e Cultura, Irmã Élide Fogolari, da Comissão para a Comunicação e Pe. Nilton Riami, representante da OSIB. No final, por meio de votação secreta, foi escolhido o cartaz oficial. (MJ/CNBB)


Texto proveniente da página http://pt.radiovaticana.va/news/2013/05/15/consep_escolhe_hino_e_cartaz_da_cf_2014/bra-692434
do site da Rádio Vaticano 

Festa de Frei Damião



NOVO PÁROCO DE JARDIM DE PIRANHAS TOMARÁ POSSE NO DIA 05 DE JUNHO


Depois que a Província Nossa Senhora da Penha do Nordeste do Brasil (PRONEB) – responsável pela Ordem dos Frades Menores Capuchinhos no Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas – esteve reunida no Recife/PE e anunciou o fechamento da Fraternidade Frei Damião de Bozzano, em Jardim de Piranhas, o Conselho Presbiteral da Diocese de Caicó anunciou ontem dia 14 o nome que substituirá os capuchinhos no trabalho pastoral.
O comunicado aconteceu durante a reunião do clero e o escolhido foi o padre José Delfino de Araújo, que estava em missão na Arquidiocese do Rio de Janeiro/RJ. A posse acontecerá no dia 05 de junho, às 19h na Matriz de Nossa Senhora dos Aflitos. Padre Delfino é natural de Caicó, tem 49 anos e foi ordenado em 10 de julho de 1992.

Missa de Despedida

   A missa de Despedida da Fraternidade Frei Damião de Bozzano será neste dia 02 de junho de 2013 às 19hs na Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Aflitos, Desde já convidamos todos paroquianos a se fazerem presentes, em forma de agradecimento aos frades por tudo que foi feito em nossa Paróquia.
                                               (Fr. André- Pe. Ivanoff- Fr. Heleno Januário)

segunda-feira, 13 de maio de 2013

ATENÇÃO

Comunicamos a todos COORDENADORES DE PASTORAL de nossa Paróquia que Amanhã terça- feira dia 14 de Maio às 19hs na casa de Catequese haverá uma importante reunião.
 Sua presença é indispensável! 
                       Agradece a Paróquia!

Procissão De Nossa Senhora de Fátima. CONFIRA AS FOTOS:













                                                ( RELÍQUIA DE JOÃO PAULO II )







Subsídio – Semana Missionária – JMJ

subsidio_semana_missionaria_JMJ

Imagem de Nossa Senhora De Fátima doada para à nossa Paróquia pelo prefeito de São Gonçalo do Amarante Dr. Jaime Calado e sua esposa Dra. Zenaide

(Imagem de Nossa Senhora De Fátima vinda de Portugal)
                                                     (Marcelo Soares- Mestre de cerimônia)
                                   
                                                         (Jefferson Joares- Acólito)
                                                     ( Neto - Sacristão da Paróquia)

Coleta para a Jornada Mundial da Juventude


Solenidade da Santíssima Trindade
25 e 26 de maio de 2013

“Ide e fazei discípulos entre todas as nações!” (cf. Mt 28,19)

Caros irmãos no Episcopado,
Graça e Paz!

A 51ª Assembleia Geral da nossa Conferência Episcopal, em Aparecida – SP, de 10 a 19 de abril de 2013 contemplou, com especial atenção, o tema da Jornada Mundial da Juventude que acontecerá nos dias 23 a 28 de julho no Rio de Janeiro, com a presença do Papa Francisco e de milhares de Jovens do Brasil e de todo o mundo.
 O Papa Bento XVI, na missa de encerramento da JMJ em Madri 2011, confiou-nos o cuidado da Cruz Peregrina e do Ícone de Nossa Senhora, para serem levados pelos jovens às nossas igrejas particulares como um grande convite à conversão. São muito edificantes os testemunhos advindos de todos os lugares que acolheram essa peregrinação. O próximo acontecimento será a Semana Missionária que antecede imediatamente a Jornada.
Para ajudar a fazer frente às despesas das Dioceses, Prelazias, da CNBB e da Arquidiocese do Rio de Janeiro, aprovamos, no dia 17 de abril de 2013 (cf. Ata nº 07), uma coleta nacional, a realizar-se em todas as missas e celebrações nos dias 25 e 26 de maio, Solenidade da Santíssima Trindade. O valor arrecadado será assim distribuído: 50% para a Arquidiocese do Rio de Janeiro; 30% para as Dioceses e Prelazias; 10% para o encontro Mundial dos Jovens Universitários que acontecerá em Belo Horizonte – MG e 10% para a nossa Conferência para cobrir os gastos com a Peregrinação da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora.
Para enviar a doação:
Depósito identificado na Caixa Econômica Federal Ag: 2220
OP: 03 – CONTA CORRENTE: 200-0
As Dioceses e Prelazias que desejarem fazer envelopes e distribuí-los ao povo, podem entrar no site da CNBB (www.cnbb.org.br) e baixar o arquivo com a arte do envelope. Estão disponíveis também duas artes de “Banners” para serem colocados em lugar visível nas paróquias.
Deus lhes pague, caros irmãos, pela imprescindível colaboração.
Com afeto e gratidão,

 
Cardeal Raymundo Damasceno Assis
Arcebispo de Aparecida – SP
Presidente da CNBB

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília – DF
Secretário Geral da CNBB

Vaticano informa que número de católicos cresce e representa 17,5% da população mundial


O mundo conta com 1,214 bilhão de católicos, o que representa 17,5% do total de sua população, segundo os dados do Anuário Estatístico Eclesial, informou o Vaticano. A parcela de católicos aumentou 1,5% em relação a 2010, quando havia 1,196 bilhão de pessoas desta vertente do cristianismo.

Um número que, comparado com o crescimento demográfico mundial durante esse ano, que foi de 1,23%, deixa praticamente "inváriavel" o número dos fiéis católicos, disse o Vaticano em nota oficial.

O maior aumento de católicos foi registrado na África: 4,3%, continente que entre 2010 e 2011 teve um aumento de 2,3% em sua população.

O número de bispos passou de 5.104 em 2010 a 5.132 um ano depois, o que representa um aumento de 0,55%. O aumento foi registrado sobretudo na Oceania (4,6%) e na África (1%), enquanto Ásia e Europa ficaram ligeiramente abaixo da média mundial e na América não houve variações.

O número de sacerdotes também aumentou, passando na último década (de dezembro de 2001 a dezembro de 2011) de 405.067 a 413.418, o que representa um crescimento de 2,1%. Os diáconos permanentes passaram nessa década dos 29.000 de 2001 aos 41.000 de 2011.

O total de religiosas, no entanto, caiu de 792.000 em 2001 para as atuais 713.000. Por continentes, na Europa a queda foi de 2%, na Oceania 21% e nas Américas 17%, enquanto houve aumento em África (28%) e Ásia (18%).

Os candidatos ao sacerdócio, diocesanos e religiosos passaram dos 112.244 de 2001 a 120.616 em 2011, com um aumento de 7,5%.

O aumento mais forte ocorreu em África (30,9%) e Ásia (29,4%) enquanto na Europa e nas Américas houve queda de 21,7% e 1,9%, respectivamente.

sábado, 4 de maio de 2013

ENCONTRO DIOCESANO DE COROINHAS E ACÓLITOS

CRUZETA-RN, 05 DE MAIO DE 2013.
TEMA: O VALOR DA SANTA MISSA.

PROGRAMAÇÃO

8h – ACOLHIDA E CAFÉ
9h – ANIMAÇÃO
9h15- ORAÇÃO INICIAL
9h30- REFLEXÃO DO TEMA; O VALOR DA SANTA MISSA.
10h30- INTERIORIZAÇÃO E PREPARAÇÃO PARA A MISSA.
11h – MISSA
12h – ALMOÇO
13h30 – ANIMAÇÃO E GINCANA
15h – ENCERRAMENTO (ORAÇÃO FINAL E LANHE).

Obs.: TODOS OS COROINHAS E ACÓLITOS DEVEM LEVAR TÚNICA.
A TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 10,00

Papa Francisco: "os cristãos mornos prejudicam a Igreja"

Todos os cristãos têm o dever de transmitir a fé com coragem. Esta é a exortação que o Papa Francisco fez esta manhã na Missa celebrada na Capela da Casa Santa Marta, com a participação da Guarda Suíça. Concelebrou com o Papa o Presidente do Pontifício Conselho das Comunicações Sociais, Dom Claudio Maria Celli.
O Papa dedicou sua homilia ao tema da coragem no anúncio do Evangelho. Todos os cristãos que recebem a fé devem transmiti-la, proclamá-la com a vida e com a palavra. Francisco contou um episódio da sua infância abordando a forma como a fé foi transmitida através da sua avó, quando o levava a participar na procissão da Sexta-Feira Santa e lhe dizia: “Jesus está morto, mas amanhã ressuscitará”. “A fé entrou assim: a fé em Cristo morto e ressuscitado. Na história da Igreja, muitos tentaram encobrir esta certeza, falando de uma ressurreição espiritual. Não, Cristo está vivo!”, afirmou o Papa.
O Santo Padre recordou que na Bíblia lemos que Abraão e Moisés têm a coragem de “negociar com o Senhor”. Uma coragem em favor dos outros, em favor da Igreja, que é necessária ainda hoje:
“Quando a Igreja perde a coragem, entra na Igreja uma atmosfera morna. Os cristãos mornos, sem coragem… Isso prejudica a Igreja, começam os problemas entre nós; não temos horizontes, não temos coragem, nem a coragem da oração ao céu nem a coragem de anunciar o Evangelho. Somos mornos…E não temos a coragem de enfrentar os nossos ciúmes, as nossas invejas, o carreirismo, de avançar egoisticamente… a Igreja deve ser corajosa!”

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Missa às Escuras na Paróquia de Fátima - dedicada aos cegos com as leituras em Braille

E vamos até Portugal onde vai ter lugar mais logo à noite (dia 27), pelas 21 horas, na Igreja Matriz de Fátima, uma "Missa às Escuras" dedicada aos cegos com a leitura dos textos sagrados em Braille. Uma iniciativa inédita em Fátima, mas de grande sensibilização social para a deficiência visual.

Em foco ainda a tomada de posse do novo bispo da igreja lusitana, o ramo português da Comunhão Anglicana que conta já com cerca de cinco mil membros.

Estes os destaques da crónica de hoje do nosso correspondente Domingos Pinto.

Uma "Missa às Escuras" esta noite, pelas 21 horas, na igreja matriz de Fátima dedicada aos cegos com a leitura dos textos sagrados em Braille. 
 
Fonte: Radio Vaticano

Bento XVI regressa hoje ao Vaticano e será acolhido pelo Papa Francisco

O Papa Emérito Bento XVI voltará hoje para o Vaticano, onde habitará, como anunciado, no convento Mater Ecclesiae. O regresso do Papa Emérito acontecerá de helicóptero por volta das 16h30-17h hora de Roma, partindo da residência pontifícia de Castel Gandolfo, onde Bento XVI residiu nos últimos dois meses, em direção ao heliporto vaticano.
A notícia foi confirmada aos meios de comunicação pelo diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Pe. Federico Lombardi. Respondendo aos jornalistas que queriam saber mais sobre a saúde de Bento XVI, o porta-voz vaticano afirmou: "É um homem idoso, debilitado pela idade, mas não tem nenhuma doença". 

Convite:

 A turma do Ensino Médio da escola CEMNA, com orientação da professora Ana Lúcia Gomes, convida a todos para hoje, 2 de maio, às 19h, participarem da palestra “Droga & Adolescência” (ministrada pelo policial do Proerd: Valdemir Soares da Silva).  Contamos com a sua presença ;)

AVISOS




TODOS OS DOMINGOS REUNIÃO DA FRATERNIDADE ÁGUA VIVA (JUFRA)AS 19:00

HORAS NA ESCOLA EVANILDO MARIANO DOS SANTOS.....


PRIMEIRO E TERCEIROS DOMINGO REUNIÃO DA ONDEM FRANCISCANA SECULAR.


(O.F.S)AS 16:OOH NAS MESMA ESCOLA ...

 TODO DOMINGO ÀS 16HS MINI FRANCISCANA NA ESCOLA EVANILDO MARIANO DOS SANTOS


DESDE JÁ SINTA-SE TODOS BEM ACOLHIDOS POR TODOS DA FRATERNIDADE.....


PAZ E BEM !



Papa Francisco: sociedade que não dá trabalho ou explora os trabalhadores é injusta

Ontem dia 1º Maio em que a Igreja faz memória de S. José Operário e internacionalmente se celebra o Dia do Trabalhador, o Santo Padre denunciou na audiência geral a visão economicista da sociedade que procura o lucro egoísta. E no início não deixou de valorizar a importância do trabalho na vida de Jesus:

"Jesus nasce e vive numa família, na Santa Família, aprendendo de São José a profissão de carpinteiro, na oficina de Nazaré, partilhando com ele o empenho, o trabalho, a satisfação e também as dificuldades de todos os dias. Isto chama-nos a atenção para a dignidade e a importância do trabalho."

Dirigiu-se depois em concreto aos jovens:

"Gostaria de dirigir-me em particular a vós jovens: empenhai-vos no vosso dever quotidiano, no estúdo, no trabalho, nas relações de amizade, na ajuda aos outros; o vosso futuro depende também da como saibais viver estes preciosos anos de vida. Não tenhais medo do empenhamento, do sacrifício e não olhais com medo para o futuro; mantenham viva a esperança: há sempre uma luz no horizonte."

No final da audiência convidou os fieis a confiarem na força da oração:

"Recordemo-nos mais do Senhor no nosso dia-a-dia. Durante este mês de maio gostaria de chamar a atenção para a atenção para a importância e a beleza da oração do Santo Rosário. Recitando a Ave Maria somos conduzidos a contemplar os mistérios de Jesus, a refletir sobre os momentos centrais da sua vida, para que, como para Maria e José, Ele seja o centro dos nossos pensamentos, das nossas atenções e das nossas acções."

Já na missa matinal celebrada na Casa de Santa Marta no dia de ontem o Papa Francisco tinha chamado a atenção para a dignidade que o trabalho dá ao ser humano:

"O trabalho dá-nos dignidade! Quem trabalha é digno, tem uma dignidade especial, uma dignidade de pessoa: o homem e a mulher que trabalham são dignos. Pelo contrário, aqueles que não trabalham não têm esta dignidade. Mas são muitos aqueles que querem trabalhar e não podem. Este é um peso para a nossa consciência, porque quando a sociedade está organizada de tal forma que nem todos têm a oportunidade de trabalhar, de ser ungidos da dignidade do trabalho, aquela sociedade não vai bem: não é justa! Vai contra o próprio Deus, que quis que a nossa dignidade comece a partir daqui".

CONSTRUÇÃO DA CAPELA DE SÃO JOSÉ EM JARDIM DE PIRANHAS Os interessados em colaborar, podem entrar em contato com a Paróquia de Nossa Senhora dos Aflitos ou com o Blog Jarles Cavalcanti.com.






Peça Teatral

Os Jovens do Grupo de Jovens NOVA GERAÇÃO realizaram nesta quarta - Feira dia 01 de maio na comunidade Assembleia uma encenação sobre a Vida de São José.
 Confira as Fotos: